Ninguém Fala de Dolores

  • Home
  • /Ninguém Fala de Dolores

Ninguém fala de Dolores

“Ninguém fala de Dolores” é um Show que homenageia e conta um pouco da história da cantora e compositora carioca Dolores Duran, considerada uma das mais belas vozes das décadas de 1940 e 1950.

O espetáculo conta histórias da vida da cantora, intercaladas por canções que foram eternizadas na voz da artista, outras de sua autoria e com célebres parceiros como Tom Jobim e Billy Blanco, algumas musicadas após sua morte prematura.O espetáculo traz ainda projeções da VJ Bel Palmeira, que fazem o link entre o universo musicado e as referências da sua vida, ali contadas.

Com uma formação de violão, voz, bandolim e percuteria, o show faz uma viajem até o imaginário das cantoras de rádio da época, trazendo interpretações arrebatadas entrelaçadas por histórias da vida da cantora.

O que mais se destaca no trabalho de Dolores é a poesia, a força dela com as palavras, difícil não se envolver ou se comover com sua música. Ela ficou conhecida por cantar em vários ritmos além de ter cantado em várias línguas. O Jornalista Antônio Maria chegou a publicar na época, que Dolores “falou de sentimentos como ninguém, em todas as línguas. Seu idioma era o amor!”.

Ela cantou as dores de amor e compôs alguns sambas canções que foram eternizados na sua voz como “A noite de meu bem” e uma de suas parcerias com Tom Jobim, “Por causa de você”. Dolores era mulata e tinha família humilde, através da sua voz e das amizades que fomentou, consolidou-se como cantora e compositora mundialmente conhecida. Era boêmia e divertida, sua história de vida ilustra com primor a sociedade carioca da década de cinquenta com suas boates e vida intelectual e artística pulsante. O espetáculo apresenta esse contexto e navega pelas origens de nossa música popular e seus grandes interpretes.

Ninguém fala da Dolores!! Como ninguém fala? Afinal estamos aqui e estamos longe de sermos os primeiros. Mas, apesar de ter sido uma excelente cantora, não chegou a ser tão popular como algumas de suas contemporâneas. Como compositora e letrista, foi aclamada e prestigiada desde o seu surgimento. Apesar da obra reduzida, cunhada na maior parte em seus três últimos anos de vida, Dolores é a compositora mais gravada do país até hoje. A morte prematura de Dolores Duran aos 29 anos interrompeu uma trajetória vivida intensamente.
O projeto “Ninguém fala de Dolores” tem o intuito de preservar e difundir o trabalho dessa artista singular, que deixou uma obra impecável para música popular brasileira e mostrar a história de uma mulher que estava a frente de seu tempo.